A essência da Ontopsicologia

Da Ontopsicologia

Vídeo "Apresentação da Ontopsicologia" [+]

O presente vídeo, produzido pela Associação Internacional de Ontopsicologia em parceria com a Universidade Estatal de São Petersburgo, apresenta com uma linguagem extremamente simples os problemas que motivaram as pesquisas originais realizadas pela Escola Ontopsicológica e as principais contribuições da Ontopsicologia à Ciência.

Particularmente, são descritas as descobertas feitas ao longo de décadas de pesquisas conduzidas pelo cientista italiano Antonio Meneghetti e seus inúmeros colaboradores em diversas Universidades, Institutos e Academias em várias partes do mundo: campo semântico, monitor de deflexão e Em Si ôntico.

As descobertas da Escola Ontopsicológica ampliam e complementam o clássico método científico indutivo-dedutivo, trazendo, como consequência prática, a possibilidade de refundação das ciências, a partir da descoberta de um critério elementar (Em Si ôntico) que restitui à lógica humana a capacidade ao nexo ontológico, ou seja, o nexo com o mundo-da-vida[1].

Portanto, em sua sumariedade, Ontopsicologia significa que saber e ser são reversíveis[2] mas, para tal, é necessária uma revisão crítica da consciência à luz das suas três descobertas, as quais complementam e ampliam o método científico presente hoje no mundo.

Índice

O problema científico de fundo

A natureza não tem opiniões, tem projetos: leão, peixe, árvore, homem etc. Qual informação o instinto desses seres vivos segue?

A natureza não tem opiniões: tem projetos[3]. É eternamente fiel a si mesma.

Na natureza, todo ser vivo, seja animal ou vegetal, sabe exatamente o que fazer, a cada momento.

Qual informação o instinto desses seres vivos segue?

E nós, humanos, fazemos parte desse projeto. Uma parte do projeto é inflexível, inderrogável, não podemos contradizê-lo. Pena a morte ou a auto-destruição. Uma outra parte desse projeto é livre, é aberta, podemos continuá-lo em evolução infinita, desde que não seja contradita a base elementar deste projeto, escrito com a simplicidade das leis universais do cosmos.

Mais de 10 trilhões de células são ativas no corpo humano. Cada célula opera e sabe como operar em qualquer momento de sua vida. Cada célula age seguindo uma informação exata.

Qual informação faz com que cada célula aja de modo exato e coerente com o resto do organismo?
Se essa informação dirige todas as células, é possível identificá-la na psique humana? Se ela funciona para toda célula, ela também pode funcionar para a psique humana?

Isolar essa informação-base da natureza no ser humano significa recuperar a capacidade de exatidão do conhecimento humano, ou seja, a Ontopsicologia, de fato, é uma via ou proposta resolutiva ao problema crítico do conhecimento.

Inovações da Ontopsicologia

Todo ser humano possui uma informação-base que corresponde à própria biologia, ou lógica da vida: o Em Si ôntico. Mas quais mecanismos racionais desviam ou defletem essa informação elementar da natureza no interior da psique humana?

Ontopsicologia é o estudo teórico e a aplicação prática da informação-base que opera no interior de todo ser humano, da célula, individualmente, ao inteiro organismo[4].

Ela nasce de uma intuição do Prof. Antonio Meneghetti, testada por mais de 10 anos de atividade clínica que demonstraram a exatidão de suas teorias.

Em particular, ele descobriu que todo ser humano possui uma informação-base que corresponde à biologia, ou lógica da vida: se atuada, ela leva o ser humano à própria realização em qualquer momento e situação.

A informação-base da vida foi nomeada Em Si ôntico. Meneghetti a identificou, interpretou e descreveu cientificamente em seus efeitos. O Em Si ôntico representa o nexo ontológico entre todo indivíduo e o mundo-da-vida, ao qual todo ser humano, como quer que seja, pertence[5].

Ele então indicou como o Em Si ôntico atua na psique humana e quais mecanismos racionais desviam ou defletem esta informação, portanto, levando o indivíduo a comportar-se contra o seu próprio bem-estar e aquele de outras pessoas: o monitor de deflexão[6].

Ele também detectou como essa informação-base, o Em Si ôntico, no núcleo de cada ser humano, é levada não apenas à consciência, mas também para todas as outras formas de vida e a codificou em uma linguagem capaz de interpretar essa informação em todos os campos da existência, denominando-a campo semântico[7].

A Ontopsicologia se remete à tradição clássica, introduzindo uma dimensão ontológica na psicologia contemporânea, portanto, individuando o princípio que origina todo efeito.

Ontopsicologia e a Universidade Estatal de São Petersburgo[8]

O Capitólio, um dos símbolos de Roma, foi o palco escolhido para abrigar a solenidade de entrega dos primeiros títulos Post-Lauream em Ontopsicologia conferidos pela Universidade Estatal de São Petersburgo, em 3 de Setembro de 2001, na Sala Protometeca[9]. Na ocasião, o fundador da Ontopsicologia, Antonio Meneghetti afirmava:

Entrega em mãos dos primeiros Diplomas em Ontopsicologia pela então Reitora da Universidade Estatal de São Petersburgo, Dra. Ludmila Verbitzkaya.
"Tive a fortuna que, antes de morrer, o pensamento que vi começa a ser compreendido. A Ontopsicologia descobriu a lógica simples que a vida usa no interior das próprias individuações. Se não houvesse a mente iluminante da Grand Doktor Nauk, Profa. Ludmila A. Verbitskaja, não teríamos chegado até aqui: é ela a grande mente que selecionou a Ontopsicologia. Também a Faculdade de Psicologia trabalhou tanto, especialmente na pessoa do Prof. Dr. Krylov. O povo russo possui uma inteligência extraordinária, é a inteligência mais humana que encontrei neste planeta. Viveu tantas contradições e paga com sangue os próprios erros. É uma inteligência que nunca pediu piedade a ninguém. E esta inteligência, após ter proposto o que era a Ontopsicologia, pensou por ao menos 15 anos e, hoje, há esta aprovação. É uma aprovação de consenso. Justamente nesta Universidade ocorre a entrega destes Diplomas, na presença do Reitor que, enquanto Reitor, jamais entregou em mãos Diplomas, é a primeira vez que o faz, e se viu a alegria com a qual o fez. De todo modo, os aprovados foram fantásticos e talvez, pela primeira vez, em mim senti diminuir a esperança e aumentar a felicidade, porque entre nós agora temos verdadeiros mestres neste conhecimento racional. Certamente, a Ontopsicologia precisará de alguns séculos para ser compreendida em sua integralidade, porém, é um imenso conforto que se inicie já agora, porque isso faz prazer a poucos homens de serem aliados, amigos do Ser e, portanto, amantes verdadeiros do humano histórico."

Entrega dos primeiros Diplomas em Ontopsicologia

O vídeo completo sobre a solenidade de entrega dos primeiros Diplomas em Ontopsicologia está disponível em:

Mais informações

Nos últimos 40 anos, o fundador da Ontopsicologia, Antonio Meneghetti, escreveu mais de 40 livros e explicou seu pensamento em inúmeras conferências internacionais em várias partes do mundo. Anualmente, é possível acompanhar a evolução de seu pensamento na Summer University of Ontopsychology, que geralmente ocorre durante o mês de Agosto, na Itália.

Associações

Universidades

A Ontopsicologia é ensinada na Universidade Estatal de São Petersburgo (Rússia), na Antonio Meneghetti Faculdade (Brasil), e em diversas instituições públicas e privadas ao redor do mundo: Letônia, Ucrânia, Itália, Alemanha, China, entre outros.

Referências

  1. HUSSERL, Edmund. A crise das ciências européias e a fenomenologia transcendental. 2 ed. (alemão). Haag: Martinus Nijhoff, 1976. ISBN 90-247-0221-6
  2. MENEGHETTI, Antonio. Manual de Ontopsicologia. 4 ed. rev. Recanto Maestro: Ontopsicologica Ed, 2010. ISBN 978-85-88381-52-0
  3. MENEGHETTI, Antonio. Projeto Homem. 3 ed. Recanto Maestro: Ontopsicologica Editrice, 2011
  4. MENEGHETTI, Antonio. Dicionário de Ontopsicologia. 2 ed. rev. Recanto Maestro: Ontopsicologica Editrice, 2008. ISBN 978-85-88381-41-4
  5. MENEGHETTI, Antonio. O Em Si do Homem. 5 ed. Recanto Maestro: Ontopsicologica Ed, 2004. ISBN 85-8838115-X
  6. MENEGHETTI, Antonio. O monitor de deflexão na psique humana. 5 ed. Recanto Maestro: Ontopsicologica Ed, 2005. ISBN 85-88381-20-6
  7. MENEGHETTI, Antonio. Campo Semântico. 3 ed. Recanto Maestro: Ontopsicologica Ed, 2005. ISBN 85-88381-26-5
  8. Department of Psychology of the Saint Petersburg State University (em Inglês)
  9. Вручение первых государственных дипломов по онтопсихологии / Entrega dos primeiros Diplomas em Ontopsicologia (em Russo)

Veja também

Ferramentas pessoais