O monitor de deflexão na psique humana

Da Ontopsicologia

O monitor de deflexão[1] é uma das três descobertas da Ontopsicologia e diz respeito diretamente ao problema da capacidade do homem de conhecer a realidade e a si mesmo. Nesta obra, editada pela Ontopsicológica Editora Universitária, o autor descreve e aprofunda a pesquisa que consente individuar a existência de um dispositivo metabolizado nos processos cerebrais. Esse dispositivo antecipa as diversas tomadas de consciência do sujeito, determinando-o a processos existenciais não funcionais para si.

Índice

Premissa

Parte I

Capítulo Primeiro
Monitor de deflexão: meme e episteme científico

Capítulo Segundo
O homem como estrutura aberta em devir segundo coordenadas espaço-temporais

Capítulo Terceiro
A unidade de ação

  1. O homem é unidade de ação
  2. Interatividade da unidade de ação
  3. Pluralidade e dialética existencial na unidade de ação
  4. Identidade e diferença das unidades de ação
  5. A individuação
  6. A existência
  7. O Eu e a memória
  8. Experiência da unidade de ação
  9. O conhecimento
  10. Individuação e psicoterapia ontopsicológica
  11. Conclusão

Capítulo Quarto
A patologia de fenômeno homem redutível à esquizofrenia

Capítulo Quinto
Ciência e política em respectiva da epistemologia ontopsicológica: reencontro da ecceidade subjetiva

Capítulo Sexto
A esquizofrenia segundo a ótica psiquiátrica: Karl Jaspers

Capítulo Sétimo
A esquizofrenia segundo a ótica psiquiátrica: Ludwig Binswanger

Capítulo Oitavo
A esquizofrenia (duvido...eu sou!)

  1. O critério de verdade

Capítulo Nono
Os códigos como estruturas-Ur de alienação no humano

Capítulo Décimo
Do sinal psicolinguístico a possibilidade de inserção da máquina

Capítulo Décimo primeiro
O mediador de campo e o sistema reflexo

Capítulo Décimo segundo
Psicossomática: calculose e neoplasia

Capítulo Décimo terceiro
Fenomenologia transhistórica da intencionalidade psíquica

Capítulo Décimo quarto
Do ambiente total à comunicação diádica: campo semântico

Parte II

Capítulo Primeiro
Dentro do problema

  1. Uma hipótese possível

Capítulo Segundo
Hipercampo como ambiente das interações psíquicas próprias e alheias

Capítulo Terceiro
A interferência aliena no sistema nervoso central

Capítulo Quarto
A serpente bíblica como descrição mítica de uma interferência alienante

Capítulo Quinto
Aproximação freudiana à máquina

Capítulo Sexto
Especularidade e organísmico

  1. Especularidade e organísmico
  2. Funcionamento do relè
  3. Funcionamento da célula fotoelétrica
  4. Funcionamento do monitor
  5. Efeito estroboscópico

Capítulo Sétimo
A grelha inibitória entre o processo primário e o consciente

  1. Notícia de documentação
  2. Indicação prospectiva sobre a situação e recuperação do inconsciente

Capítulo Oitavo
Os lugares comuns de inserção e de reforço do monitor de deflexão

  1. Notícia de documentação
  2. Indicação prospectiva sobre a situação e recuperação do inconsciente

Capítulo Nono
Recordando o que definia a hipótese possível

  1. Explicitação cineterapêutica
  2. Referências flash durante algumas imagogias

Apêndice
Psicologia quotidiana e monitor de deflexão

  1. Falando aos jovens
  2. Intervenção do monitor de deflexão na manipulação do complexo de culpa

Referências

  1. MENEGHETTI, Antonio. O monitor de deflexão na psique humana. 5 ed. Recanto Maestro: Ontopsicologica Ed, 2005. ISBN 85-88381-20-6
  2. MENEGHETTI, Antonio. Campo Semântico. 3 ed. Recanto Maestro: Ontopsicologica Ed, 2005. ISBN 85-88381-26-5
  3. MENEGHETTI, Antonio. Manual de Ontopsicologia. 4 ed. rev. Recanto Maestro: Ontopsicologica Ed, 2010. ISBN 978-85-88381-52-0
  4. MENEGHETTI, Antonio. O Em Si do Homem. 5 ed. Recanto Maestro: Ontopsicologica Ed, 2004. ISBN 85-8838115-X
  5. MENEGHETTI, Antonio. Dicionário de Ontopsicologia. 2 ed. rev. Recanto Maestro: Ontopsicologica Editrice, 2008. ISBN 978-85-88381-41-4

Ligações externas

Ferramentas pessoais